5 razões para testar o óleo de semente negra

5 razões para testar o óleo de semente negra

Por Sarah Baker, CHN

Óleos são uma grande tendência no âmbito do bem-estar hoje em dia. Do eterno debate sobre óleo de coco, até os vários benefícios dos óleos essenciais da aromaterapia e a utilização de óleos para propósitos de beleza como o óleo de limpeza e a remoção por óleo — parece que o óleo se tornou uma palavra famosa que não vai perder sua fama tão cedo! Quando o assunto é o óleo de semente negra, a fama é merecida.

O óleo de semente negra vem do sudoeste da Ásia. Ele é extraído a partir das sementes de cominho negro utilizando o método de extração por prensa. O nome científico do óleo de semente é nigella sativa, então, caso você decida fazer sua própria pesquisa sobre os maravilhosos benefícios desse óleo, você encontrará muitos estudos científicos sobre seus benefícios.

Os benefícios do óleo de semente negra

Antes de abordarmos os detalhes sobre os benefícios específicos para a saúde e beleza do óleo de semente negra, existe um ingrediente ativo específico no óleo de semente negra que promove seus superpoderes. Esse ingrediente ativo é chamado de thymoquinone.

A thymoquinone contém propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que ajudam a combater doenças e apoiar a atividade de recuperação natural de nossos corpos. Quanto mais antioxidantes você puder incluir em sua rotina de bem-estar diário, melhor!

1. Pode apoiar processos de cicatrização

Um estudo mostrou que o óleo de semente negra ajuda a reforçar a função do fígado e pode evitar danos a esse órgão vital devido ao consumo de álcool e efeitos colaterais provocados por medicação.

2. Pode auxiliar a perda de peso

De acordo com outro estudo, a semente negra está entre as plantas que possuem compostos de combate a obesidade. O consumo de óleo de semente negra pode diminuir os sintomas que provocam ganho de peso, como o aumento do apetite, níveis de glicose e de triglicerídeos. Outra nota interessante sobre o óleo de semente negra: ele também possui propriedades que ajudam a melhorar a digestão como a redução dos gases e inchaço.

3. Saúde do cabelo e pele

Se você ama utilizar remédios naturais de beleza , o óleo de semente negra pode se encaixar perfeitamente em seu próximo dia de spa. Por conta de suas propriedades de combate a micróbios e antioxidantes, o óleo de semente negra é utilizado por muitos seguidores do Faça Você Mesmo para estimular os folículos capilares e auxiliar na recuperação da perda de cabelo. Alguns pesquisadores também acreditam que o óleo de semente negra ajuda a restaurar os níveis de melanina, que é o que controla o pigmento de nossa pele e olhos. Ele também diminui a inflamação, irritação e pode até reduzir o eczema.

4. Pode aliviar os sintomas de asma e alergia

Estudos têm mostrado que óleo de semente negra pode aliviar os sintomas de asma  e pode até mesmo aliviar sintomas daqueles que sofrem de alergias.

5. Apoia o sistema imunológico

Por conta de suas propriedades antioxidantes , seus vários ácidos e seu conteúdo de vitamina B, o óleo de semente negra também possui propriedades nutricionais que ajudam a apoiar o sistema imunológico.

Ao obter seu óleo de semente negra, sempre leia os rótulos e certifique-se de que está comprando variedades orgânicas e extraídas em prensas. Você pode consumir o óleo de semente negra em seu estado normal, na forma de pílulas de suplemento ou pode adicionar o óleo em seus tônicos de bem-estar. Se você utiliza técnicas de limpeza com óleo, você também pode adicionar um pouco de óleo de semente negra em sua assepsia facial.

Também é importante sempre consultar seu médico antes de tomar qualquer tipo novo de suplemento ou ingrediente forte, especialmente se estiver grávida ou amamentando.

Referências:

  1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23543440
  2. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23777875
  3. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23198836
  4. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20149611