Uma Boa Saúde Linfática Pode Te Ajudar a Se Desintoxicar e Melhorar a Imunidade?

Por Melissa Anzelone, ND

Neste artigo:


Seja na forma de metais pesados vindos do fornecimento de água ou pesticidas nos alimentos, as toxinas do ambiente entram no nosso corpo constantemente. Essas toxinas podem se acumular no corpo e causar danos ao nosso sistema imune ou desencadear um desequilíbrio hormonal.

Felizmente, temos diversos sistemas no corpo que podem remover essas toxinas da circulação e desintoxicá-lo rapidamente, apoiando a saúde imune geral de forma sinérgica. Certos suplementos e vitaminas podem ajudar esses sistemas a otimizarem seu funcionamento apoiando a saúde linfática.

Dois Tipos de Circulação

A circulação saudável deriva de dois sistemas que trabalham juntos: o sistema circulatório cardiovascular e o sistema circulatório linfático. Seu coração bombeia o sangue através do sistema cardiovascular. À medida que esse sangue rico em nutrientes viaja para longe do coração, passa por vasos sanguíneos cada vez menores.

Nas células vizinhas, os nutrientes e resíduos são trocados através desse sangue. O fluido que é espremido para fora dos vasos sanguíneos é chamado de fluido intersticial ou linfa. O sistema linfático absorve os fluidos perdidos e recicla de volta para o sangue para manter uma pressão saudável. 

Seu sistema linfático trabalha diretamente com o sistema cardiovascular para manter o equilíbrio do sangue e dos fluidos linfáticos e expulsar as toxinas do seu corpo. Ele também carrega células imunes pelo corpo para ajudar a defender contra infecções.

O Que Sabemos Sobre o Sistema Linfático

Assim como o sistema cardiovascular, o sistema linfático é uma rede de vasos especializados que têm as funções de troca e transporte. O sistema circulatório tem uma bomba central - o coração - que move o sangue através do sistema.

O sistema linfático é diferente. Ele não tem uma bomba central como o sistema circulatório. Em vez disso, o sistema linfático é estimulado por:

  • Gravidade
  • Contração muscular (exercícios)
  • Hidroterapia (alternar água fria e quente na pele)
  • Respiração
  • Terapia de drenagem linfática
  • Massagens

Quando uma nova linfa é criada, ela empurra a atual através dos vasos. Além disso, a pressão dos tecidos externos aos vasos linfáticos, como músculos lisos, empurra a linfa para fora. 

A linfa também não circula. Em vez disso, os tecidos criam fluidos, e o sistema linfático entrega esse fluido, ou linfa, e volta para o sistema circulatório novamente, para manter a pressão arterial e o equilíbrio de fluidos.

A Saúde Linfática e Seu Sistema Imune

Os vasos linfáticos estão presentes em quase todos os tecidos exceto a medula óssea, cartilagens, a córnea do olho e o sistema nervoso central. As redes linfáticas são encontradas no sistema digestivo, como a mucosa oral (o tecido viscoso que recobre o interior da boca), a língua, glândulas salivares e amígdalas. Esses tecidos contêm estrategicamente vasos linfáticos, linfonodos e células imunes.

Manter uma boa saúde nos dois sistemas circulatórios é essencial para reforçar a saúde do sistema imune. A linfa passa pelos linfonodos, que são tecidos especializados em fazer a vigilância imune, garantindo que não existam patógenos infecciosos.

Como o Sistema Linfático Trabalha com o Sistema Imune

Os alimentos que você consome têm o potencial de conter bactérias, antígenos, ou outras substâncias indesejadas. O trabalho do sistema linfático é fazer a vigilância imune em tudo que você consome.

Pense nesse sistema como uma rede de agentes de segurança, focada em proteger o corpo de invasores externos. Se por algum motivo os patógenos passarem por essa defesa inicial, o sistema linfático também é encontrado no intestino grosso e delgado.

Além disso, o pâncreas, o fígado e a vesícula biliar têm sistemas linfáticos. O fluido linfático passa por pelo menos um linfonodo antes de entrar na corrente sanguínea.

E Se Meu Sistema Linfático Não Estiver Saudável?

Se seu sistema linfático tiver desacelerado ou estagnado, as toxinas irão se acumular e as células imunes não serão entregues a áreas do corpo onde são necessárias. Isso pode causar inchaço e dor, e enfraquecer a capacidade do seu corpo de combater infecções.

Maneiras de Melhorar a Saúde Linfática

Nosso fígado é nosso "grande desintoxicador" envolvido em cerca de 300 processos diferentes no corpo, incluindo metabolismo, excreção e defesas corporais. Devido a todos os trabalhos que o fígado faz, ele precisa de uma ajudinha.

O fígado produz muita linfa, então se você reforça o fígado, pode ajudar a apoiar a limpeza saudável do seu corpo. O sistema digestivo também ajuda a eliminar toxinas, então apoiando um sistema digestivo saudável, você está apoiando a saúde linfática.

As mudanças de estilo de vida que você pode fazer para estimular seu sistema circulatório linfático incluem beber água, se exercitar regularmente, consumir alimentos saudáveis, receber uma massagem, ou tentar uma terapia de drenagem linfática. Outra maneira de apoiar a saúde do sistema linfático é com um detox ou limpeza. Existem muitos processos de detox/limpeza por aí, por isso é importante pesquisar e escolher o ideal.

O Que Procurar em um Detox ou Limpeza

Faça duas etapas em uma limpeza: uma para apoiar uma desintoxicação saudável e se ligar a toxinas e outra para auxiliar a limpeza e eliminação saudável dessas toxinas.

Você pode fazer um detox/limpeza que tenha tudo incluso ou escolher uma combinação de suplementos e vitaminas individuais para apoiar a sua saúde linfática.

Cardo de leite

O Cardo de Leite (Silybum marianum) é uma planta que tem sido usada por milhares de anos. O componente principal do cardo de leite é um composto chamado de silibina que é extraído da planta. 

O uso principal desse ingrediente botânico na sociedade moderna é apoiar a saúde do fígado - a silibina é conhecida como uma erva hepatoprotetora. Quando o fígado realiza uma de suas funções principais, degradar as toxinas, elas podem danificar o fígado e diminuir sua eficiência.

O cardo de leite é um poderoso antioxidante que ajuda o fígado a fazer melhor o seu trabalho. Pense no cardo de leite como a xícara de café do fígado de manhã. Quando o fígado está alerta (saudável), ele pode realizar todas as suas funções de uma forma melhor, incluindo produzir a linfa.

Dente-de-leão

Muitas pessoas pensam no dente-de-leão (Taraxacum officianale), como uma planta sem muitas funções. O dente-de-leão não recebe os créditos pelo fato de ser cheio de vitaminas ABC, e D. Ele também pode apoiar a saúde imune, do fígado e dos rins.

Enquanto o fígado degrada toxinas, é a função dos rins eliminar essas toxinas na urina. As propriedades antioxidantes (em compostos chamados de flavonoides) encontradas no dente-de-leão ajudam a apoiar processos saudáveis de desintoxicação de toxinas do corpo.

Clorela

A clorela (Chlorella vulgaris) é uma alga verde, rica em proteínas, que ajuda a proteger o corpo de metais pesados como o mercúrio.

A clorela quela, ou se envolve nas toxinas e impede que elas sejam reabsorvidas pelo corpo. Também já foi demonstrado que ela protege contra o mercúrio no trato digestivo.

Pectina de maçã

A pectina de maçã é um tipo de  fibra solúvel naturalmente encontrada nas maçãs. A pectina extraída é comumente usada para engrossar geleias, mas também pode ser tomada na forma de suplemento.

Similarmente à clorela, a pectina de maçã se liga a metais pesados e toxinas como mercúrio e ajuda na sua eliminação através do sistema digestivo.

Uva Ursi

A uva ursi (Arctostaphylos uva-ursi) é uma planta comumente conhecida como uva-de-urso. Essa planta tem propriedades anti-inflamatórias que apoiam a saúde do trato urinário.

O trato urinário é uma das vias principais de eliminação de toxinas solúveis em água e outros materiais e resíduos indesejados.

Bardana

A bardana (Arctium lappa) é uma planta que tem sido usada na cultura chinesa por anos. Ela é conhecida por apoiar a circulação saudável do sangue e da linfa. A bardana também pode apoiar a saúde do sistema urinário, essencial para remover toxinas do corpo.

Ao escolher reforçar a sua saúde linfática, você pode encontrar muitas opções incluindo produtos já prontos de detox/limpeza e suplementos individuais contendo compostos para apoiar a saúde do fígado, bem como o funcionamento dos sistemas digestivo e urinário. Além de eliminar toxinas, esses sistemas auxiliam a saúde linfática e o sistema imune.

Referências:

  1. Breslin, J.W., Yang Y., Scallan J., et al.; Lymphatic vessel network structure and physiology. Compr Physiol, 2018. 9(1): p. 207-99.
  2. Prior N., Inacio P., Huch M.; Liver organoids: from basic research to therapeutic applications. Gut, 2019. 68(12): p. 2228-37.
  3. Bijak M.; Silybin, a major bioactive component of milk thistle – chemistry, bioavailability, and metabolism, 2017. 22(11): p. 1942.
  4. Martinez M., Poirrier P., Chamy R.; Taraxacum officinale and related species. J Ethnopharmacol. J, 2015. 169: p. 244-62.
  5. Krienitz L., Huss V.A., Bock C.; Chlorella: 125 years of the greenest survivalist. Trends Plant Sci, 2015. 20(2): p. 67-9.
  6. Kartel M.T., Kupchick L.A., Veisov B.K..; Evaluation of pectin binding of heavy metal ions in aqueous solutions. Chemosphere, 1999. 38(11): p. 2591-96.
  7. Matsuda H., Tanaka T., Kubo M.; Pharmacological studies on leaf of Arctostaphylos uva-ursi [Japanese; abstract]. Yakugaku Zasshi, 1991. 111(4-5): p. 253–58.
  8. Bensky, D., Gamble, A., Kaptchuk, T.J.; Chinese Herbal Medicine: Materia Medica. Seattle, Eastland; 1993.