Respire

Remédios para congestão nos seios da face, bronquite, asma, e DPOC (COPD)

Quase todos nós subestimamos a habilidade de respirar tranquilamente. Para pessoas que sofrem de sinusite crônica, asma, bronquite, doença pulmonar obstrutiva crônica e outras doenças do trato respiratório, uma respiração sem esforço é muito valorizada.

Estas condições são frequentemente mais problemáticas durante os meses de inverno. Com certeza estamos expostos a mais vírus nesta época, mas uma das razões principais para um aumento da congestão dos seios da face e das vias respiratórias durante o inverno é o ar seco e quente dos ambientes fechados. Ele resseca as membranas das vias respiratórias. Como resultado disso, o muco não é expelido tão efetivamente, o que pode aumentar o seu risco de congestão sinusal, bronquial, pulmonar e/ou infecções.

Felizmente, existem produtos naturais seguros e efetivos que podem melhorar a umidificação das vias aéreas, bem como a secreção de muco, deste modo facilitando a respiração. Três dos mais indicados são a N-acetilcisteína, extrato de hera (ivy), e a bromelaína. Estes ingredientes podem ser utilizados individualmente ou combinados para uma eficácia ainda maior.

N-acetilcisteína

A N-acetilcisteína (NAC) é um derivado de um aminoácido que ocorre naturalmente, a cisteína. A NAC tem um histórico extensivo de uso no tratamento de condições pulmonares agudas e crônicas, incluindo enfisema, bronquite, asma e fibrose cística. Ela quebra diretamente as cadeias de enxofre das mucoproteínas, reduzindo a viscosidade das secreções bronquiais e pulmonares. Isso melhora o funcionamento bronquial e pulmonar, reduz a tosse e melhora a saturação de oxigênio no sangue.

A NAC é benéfica em todas as doenças pulmonares e do trato respiratório, especialmente a bronquite crônica e  a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Em uma análise detalhada de 39 testes clínicos, foi concluído que a NAC oral reduz o risco de exacerbações (piora severa) e induz melhora dos sintomas em pacientes com bronquite crônica quando comparada a um placebo.

Além de seus efeitos como mucolítico, a NAC pode aumentar a produção de glutationa — um importante antioxidante para os pulmões e todo o trato respiratório. A dosagem típica para NAC é de 200mg três vezes ao dia.

Extrato de hera

A folha de hera tem um grande histórico de uso na asma e DPOC. Estudos clínicos recentes validaram sua habilidade em reduzir espasmos brônquicos e melhorar as secreções respiratórias. Diversos estudos duplo-cegos mostraram que o extrato de hera melhora a função pulmonar e reduz  ataques de asma. Por exemplo, em um estudo duplo-cego, 25 crianças com idades entre 10 e 15 anos que apresentavam asma demonstraram melhora na capacidade pulmonar após 10 dias de tratamento com o extrato de hera. A melhora se mostrou clinicamente relevante e estatisticamente significativa três horas após a administração do extrato de hera, no décimo dia de tratamento. A dosagem típica é de 100mg uma ou duas vezes ao dia.

Bromelaína

A Bromelaína se refere a um grupo de enzimas que contém enxofre que digerem proteínas (enzimas proteolíticas ou proteases) obtidas das plantas do abacaxi (Ananas comusus). Já foi demonstrado que a bromelaína exerce diversos efeitos benéficos na limpeza das vias aéreas, supressão da tosse e redução da viscosidade das secreções do trato respiratório. A bromelaína também é benéfica no tratamento da sinusite aguda. A dosagem típica da bromelaína para tratamentos respiratórios é de 250 a 750mg, três vezes ao dia entre as refeições.

Terapias Adicionais que Podem Ajudar

Para a congestão dos seios da face, tente a irrigação nasal com água salgada utilizando um Neti pot— um recipiente de cerâmica que parece uma junção de um pequeno bule de chá com a lâmpada mágica do Alladin. Utilizada apropriadamente, a água salgada irá fluir através da cavidade nasal e aliviar os sintomas de congestão. O uso diário é recomendado durante episódios agudos, e em dias alternados para outras condições crônicas.

Sprays nasais contendo ingredientes naturais, como o xilitol ou remédios homeopáticos, também podem ser úteis em manter as membranas úmidas.

Para congestão brônquica e pulmonar, bem como para infecções profundas dos seios da face, tente  a drenagem postural. É uma terapia simples e antiga que funciona maravilhosamente. Aplique uma bolsa quente ou uma garrafa de água quente ao peito por até 20 minutos. Então faça a drenagem postural deitando com o rosto para baixo, com a parte superior do corpo para fora da cama, utilizando os antebraços como suporte. Mantenha a posição de 5 a 15 minutos, enquanto você tosse e expectora em uma bacia ou em jornais no chão. Faça isso duas vezes ao dia ou sempre que houver obstrução significativa das vias aéreas.